Amzop pleiteia ampliação do traçado de duplicação da BR 386

Na última semana, alguns prefeitos que pertencem a municípios que integram a Amzop- Associação dos Municípios da Zona da Produção, estiveram reunidos no gabinete do prefeito Ezequiel, de Rondinha, justamente ele que recentemente foi eleito presidente da Associação. Na oportunidade debateram a duplicação da BR 386, eis que existe uma discussão pública em relação ao traçado e formas de concessão. Segundo o presidente Ezequiel, a ideia é buscar junto aos órgãos, que contemplem a maior quilometragem possível, quem sabe até o final dela, que é no Município de Iraí, divisa com o Estado de Santa Catarina. Caso, em um primeiro momento, não seja possível a duplicação de toda rota, que ao menos se amplie a quantidade de quilômetros- hoje prevista até Carazinho – para até Sarandi. Outra preocupação dos políticos diz respeito aos trechos conhecidos por gargalos, em que seria necessária a duplicação para que o trânsito flua mais célere. Também a duplicação em pontos que passam por perímetros urbanos é uma requisição.

Os prefeitos deram apoio e discutiram a necessidade da construção da subestação de energia da RGE no Município de Constantina. A preocupação quanto a este tema, é que em breve alguns municípios da região poderão sofrer com a falta de energia elétrica. A construção deste espaço junto ao Distrito Industrial, margens da ERS 500, se faz necessária para uma melhor qualidade de distribuição da energia. Segundo o gestor constantinense, faltam algumas licenças para que o projeto venha a ser executado no município, contemplando demais cidades da região.

 

Discussões ocorreram envolvendo a direção e alguns prefeitos da Amzop

 

Assessoria de Comunicação Amzop