Chuva, vento e granizo atingem ao menos nove cidades do RS

A chuva forte, o granizo e o vento causaram prejuízos no interior do Rio Grande do Sul nesta quarta-feira (5). O temporal atingiu ao menos nove  cidades, afetando principalmente as áreas rurais na Região Noroeste do estado.

A previsão de temporal, vento e granizo no Rio Grande do Sul presiste para esta quinte-feira (6). Na Serra o amanhecer será de chuva com muitos raios.

As prefeituras das cidades atingidas e a  Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) devem fazer o levantamento dos danos nesta quinta. As cidades de
Tuparendi, Santo Cristo, Miraguaí, Porto Lucena, Santa Rosa, Crissiumal, Tenente Portela, no Noroeste, além de Vacaria e Bom Jesus, na Serra, registraram queda de granizo, ventania e temporal na quarta.

O verde da lavoura em Manchinha, localidade no interior de Santa Rosa, deu lugar ao branco do granizo. “Foi uma coisa que nunca tinha acontecido na nossa região, nesse lugar, porque levantou uma formação de uma nuvem que acabou virando uma chuva de pedra. Isso desde que eu moro aqui, desde que me conheço, nunca tinha acontecido”, afirma o agricultor Alceu Weisneir.

As culturas mais afetadas foram o milho e o trigo, sendo que para os especialistas a segunda é a mais prejudicada porque o cereal é pouco resistente às variações climáticas. “Foi um choque muito grande. A gente tinha uma expectativa esse ano com trigo, com uma boa produção, boa safra e agora ficou pra próxima”, lamentava o agricultor

Nelson Dellavale.

index

Lavoura atingida pelo granizo em Santa Rosa, no
Noroeste do estado (Foto: Luis Frey/RBSTV

Em Tuparendi, cidade vizinha de Santa Rosa, o granizo se acumulou em frente as casas, e a lavouras de milho ficaram cobertas de gelo. Em Santo Cristo, o excesso de umidade pode comprometer a qualidade das plantas.

Já em Crissiumal, mais de 100 casas foram afetadas e parte do município ficou sem luz durante a tarde de quarta. A prefeitura distribuiu lonas para os mais afetados.

Foi registrada queda de granizo também na região da Serra gaúcha entre as cidades de Vacaria e Bom Jesus, sendo que foi registrado acúmulo de gelo às margens da rodovia. Os ventos chegaram aos 44 km/h na região e o volume de chuva ficou em 46 milímetros, 30% da média histórica para o mês de outubro em apenas 24 horas.

De acordo com a Defesa Civil do estado, não houve registro de pessoas feridas ou fora de casa.

Fonte G1 RSsergio_brandao_da_silva_720