Comunidade de Boa Vista pede respostas sobre desaparecimento de contadora

Uma mulher atuante, que demonstrava seu amor pelos filhos. Assim é descrita Sandra Mara Lovis Trentin, 48 anos, pela agricultora Rosana Magalhães Zambon, que está à frente da organização de uma passeata em Boa Vista das Missões cujo objetivo, além de defender os direitos das mulheres, é pedir celeridade nas investigações sobre o desaparecimento da contadora. “Ela era uma pessoa honesta e é uma amiga nossa que desapareceu. Queremos saber o que aconteceu com ela”, justificou Rosana, que trabalhou com Sandra na Liga Feminina de Combate ao Câncer, entidade para a qual a contadora prestava serviço voluntariamente.
O evento está marcado para iniciar às 9h de 8 de março, no Dia Internacional da Mulher. A saída está prevista para a rua Vinte de Março em direção à praça da Igreja Maria Goretti, onde serão realizadas atividades para marcar a data. “Pedimos paz, dignidade, amor e respeito a nós mulheres e que a população em geral venha participar”, convidou Rosana.

Sobre o desaparecimento

Na última semana, a Polícia Civil pediu ao Poder Judiciário prazo complementar para realização de mais diligências na apuração do desaparecimento da contadora, sumida desde 30 de janeiro deste ano.
Moradora de Boa Vista das Missões, ela foi vista pela última vez em Palmeira das Missões, município vizinho para onde se dirigiu a fim de resolver problemas de trabalho. Sua caminhonete foi localizada à tarde, estacionada na rua Rio Branco. O veículo encontrava-se revirado, embora aparentemente não apresentasse sinais de violência.
Sandra é casada com o presidente da Câmara de Vereadores de Boa Vista das Missões, Paulo Ivan Landfeldt, 47 anos, com quem tem três filhas, uma de 16 anos, outra de 11 e a caçula de 5. Além delas, ela possui um filho de 26 anos, fruto de outro relacionamento.
Bombeiros e policiais fizeram buscas em Vicente Dutra na semana passada, em uma área às margens do rio Uruguai indicada pelo jovem de 22 anos preso investigado pelo desaparecimento, mas não a localizaram viva ou morta. Além dele, Paulo Ivan está na cadeia desde 23 de fevereiro. No momento, a polícia apura o que aconteceu com Sandra e o motivo.