Crehnor Sarandi encerra trabalhos

Crehnor solicitou intervenção do Banco Central.

Em entrevista na tarde desta sexta-feira, 24, o ex-diretor da Crehnor Sarandi, Valdemar Oliveira, falou sobre o fechamento da agência, localizada no centro da cidade.

Depois de uma fusão não concretizada com outra cooperativa de crédito os dirigentes locais não viram outra opção a não ser enviar um documento ao Banco Central informando sobre a necessidade da intervenção bancária na agência.

Na manhã desta sexta, o liquidante enviado pelo Banco Central, iniciou os trabalhos no prédio, que até então abrigava a Crehnor. Ele deverá a partir de agora, proceder para que todos os associados, com até duzentos e cinqüenta mil reais, em depósitos a vista e prazo, recebam a quantia depositada através do Fundo Garantidor de Cooperativismo de Crédito (FGCOOP). De acordo com Oliveira, nenhum associado terá prejuízo com o fechamento da agência.

O diretor executivo do FGCOOP, Lúcio César de Faria, explica que a partir do momento em que o liquidante fornecer os dados necessários os pagamentos começarão a ser realizados. As informações para os associados serão divulgadas em editais e anúncios de rádio. 

Informações Rádio Sarandi/Jornalismo Rádio Palmeira/Foto Divulgação

Por Sidnei Farias