Creluz: 10 anos do prêmio de ecologia Oscar de Energia Verde

No dia 01 de julho de 2010, o presidente do Grupo Creluz Professor Elemar Battisti, esteve em nome da cooperativa em Londres, onde recebeu o Oscar de Energia Verde, prêmio internacional da Ashden Awards e o cheque de 20.000 libras esterlinas que corresponde hoje aproximadamente RS 134.000 reais para a Cooperativa Creluz.

Sarah Butler-Sloss, que é presidente executiva do fundo e diretora fundadora que em 2001 estabeleceu o prêmio de Ashden Awards para energia sustentável, fala sobre o prêmio 2010: “ Estes finalistas realçam a importância das iniciativas locais de energia sustentável tanto na redução das emissões de carbono como no combate à pobreza e a falta de acesso a recursos vitais. Estes projetos inspiradores mostram que, com o tipo de apoio certo, sistemas de energia sustentável locais podem desempenhar um papel significativo nas metas de redução de pobreza e combate às alterações climáticas”.

De acordo com a ONG (organizações não governamentais) os premiados demonstram como é possível transformar vidas e reduzir significativamente as emissões de carbono através da utilização de designs simples, mas inovadores, estratégias de marketing inteligentes e com um foco claro. Nos últimos dez anos os vencedores da Ashden Awards têm melhorado a vida de 23 milhões de pessoas em todo o mundo e em conjunto poupam três milhões de toneladas de CO2 por ano. Em 2010 os finalistas internacionais pouparam mais de 250.000 toneladas de CO2 nos últimos doze meses.

A trajetória da Creluz começou em 1966 e hoje são 23.000 associados que apoiaram desde 1999 a idéia de gerar energia própria, tanto que hoje são 11 usinas, 7 hidrelétricas e 4 solares, gerando energia, que usam o poder da água corrente e do sol para fornecer eletricidade as comunidades que vivem na área de abrangência da cooperativa, numa rede de 4500km de linhas de energia sem agredir o meio ambiente, valorizando-o por meio de uma educação de conscientização desenvolvidos nas escolas, comunidades, assentamentos, por convênios com prefeituras e a Coogamai – Cooperativa de Garimpeiros do Médio Alto Uruguai Ltda para ações de reflorestamento de áreas degradadas.

Esse projeto tem levado qualidade de vida a 85.000 habitantes locais através de programas sociais, beneficiando as famílias. Também investe em programas de apoio a atividades rurais e extrativistas na região de abrangência da Cooperativa, como ordenhas de leite, irrigação, avicultura, irrigação pastagens, fruticultura irrigada, extração de pedras semipreciosas nos garimpos da região, granja de suínos, redes de energia elétrica com o objetivo de desenvolver as propriedades rurais, possibilitando uma ótima fonte de renda, uma alternativa na diversificação da agricultura, o desenvolvimento da agricultura familiar possibilitando o desenvolvimento econômico além de gerar uma confiança que faz com que as pessoas ficam em suas áreas e não migram para outros lugares.

Horto florestal com canteiros de chás, ervas medicinais, criação de abelhas sem ferrão, relógio do corpo humano, aproveitamento da água da chuva, aproveitamento de detritos dos canais das usinas, trilha ecológica e distribuição de mudas da flora regional, sendo produzidas em torno de 40 espécies durante o ano todo.

Programa água limpa com o objetivo de apoiar associações comunitárias de poços artesianos, localizados na área de atuação da empresa, visando melhorar a qualidade de vida da população, levando saúde e bem-estar às famílias da região. Através do Água Limpa, que é financiado com verba social da própria cooperativa, os beneficiários recebem gratuitamente toda a estrutura de rede para alimentar os poços artesianos. Desde a sua criação, em 2002, já foram ligados 182 poços, atendidas pelo programa, aproximadamente 7.000 famílias.

Programa Ligar tem o intuito de não deixar nenhuma família de sua área de abrangência sem acesso à energia elétrica, a Creluz, realiza a instalação elétrica completa da residência, coloca ramal de ligação e, inclusive, custeando a mão-de-obra e materiais.

O Programa foi criado para atender exclusivamente famílias carentes e próximas ao sistema de distribuição de energia. Até o momento, já foram atendidas aproximadamente 1.827 famílias. As ações do Ligar transformaram a vida de pessoas excluídas, que devido a sua condição econômica jamais teriam acesso à energia elétrica.

O que levou a Creluz ao prêmio

1. Redução de emissões de carbono e luta por uma melhor qualidade de vida.

2. Redução das desigualdades.

– Contribuição justa para uma sociedade sustentável.

3. Participação e democratização.

– Os princípios de participação e tratamento igualitário.

– Benefícios aos sócios e clientes e as comunidades. Programas comunitários nascido das bases são aplicados.

4. Incorpora práticas de mudanças climáticas na gestão.

5. Benefícios adicionais.

– Redução de carbono.

– Melhoria da saúde e bem-estar.

– Melhoria da qualidade do ar, geração de empregos e união das comunidades.

Fonte: Creluz