Do isolamento ao desenvolvimento

A região norte do Estado do Rio Grande do Sul, mais especificamente o Médio e Alto Uruguai, vive um momento decisivo, em tempos de Copa América e de Copa do Mundo de futebol feminino não é nenhum exagero dizer que a bola está novamente no centro do campo.

Isso porquê, depende das forças regionais (privado e público) o aporte de recursos para finalizar a tão sonhada ponte sobre o Rio da Várzea, ligando Rodeio Bonito e Liberato Salzano, aproximando as regiões de Frederico Westphalen e Erechim.

A obra de mais de R$ 6 milhões, necessitava de um aditivo para ser finalizada, recurso este que foi negado pelo Governo Federal. São necessários R$ 522 mil para a obra ser concluída e entregue a região.

Diante deste quadro, o Grupo Creluz, a Amzop e os Municípios de Rodeio Bonito e Liberato Salzano, estarão promovendo no próximo dia 25 de junho, na sede da Fundaluz em Pinhal, uma audiência pública regional para a definição de estratégias que levem a conclusão desta obra.

Na atualidade, os municípios de Rodeio Bonito e Liberato Salzano estão isolados, já que a balsa que fazia a travessia no Rio da Várzea foi interditada em definitivo pela Marinha do Brasil, fato este, que agrava ainda mais a situação e torna esta decisão ainda mais importante.

A ponte estando concluída, gerará importantes investimentos para os dois lados do Rio, para Liberato Salzano representará crescimento significativo na Suinocultura, por exemplo, com a expansão de uma atividade recém iniciada naquela micro região e que tem muito a crescer, à medida que a integradora Acadrolli e o frigorífico JBS ficarão mais acessíveis.

Já para o lado de Rodeio Bonito, a tendência é pelo crescimento na área da avicultura já que com a ponte concluída, facilitaria o escoamento da produção para o frigorifico de Trindade do Sul.

Ambas as regiões teriam seu caminho encurtado para o atendimento na área da saúde em média e alta complexidade em polos como Erechim, Frederico Westpahlen e Tenente Portela, entre outros. Não há dúvidas de que este projeto que nasceu dentro da Creluz e ganhou força com o apoio dos prefeitos da Amzop e da comunidade regional, significa desenvolvimento e crescimento para todo o Norte Gaúcho.

A decisão é nossa, é da região, a bola está no centro, que final de jogo queremos? Com certeza com uma grande vitória.Fonte: Edevaldo Stacke/Ascom Creluz