Familiar é preso após confessar que estuprou menina que morreu no Husm

Um jovem de 18 anos foi preso preventivamente, na noite de sábado, após confessar ter estuprado uma criança de 5 anos, em Santa Maria. De acordo com o registro feito na Polícia Civil, o caso veio a tona após a mãe levar a criança para atendimento médico em um dos hospitais da cidade. A menina era portadora de necessidades especiais e, segundo relatos da mãe à polícia, o padrasto havia acordado na madrugada e percebido que a criança não estava respirando. O casal seguiu com a menina até o Hospital Universitário de Santa Maria (Husm), onde foram feitas manobras de reanimação. No entanto, a criança não resistiu e foi a óbito cerca de meia hora após dar entrada na unidade.