Frente Parlamentar da Erva-Mate será lançada na Expointer

Com objetivo de promover o desenvolvimento da cadeia produtiva, foi criada na última semana, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, a Frente Parlamentar da Erva-Mate. O lançamento deve ocorrer durante a Expointer 2016, em data a ser definida. O deputado Elton Weber (PSB) será o coordenador da Frente, composta ainda pelos deputados Vilmar Zanchin (PMDB), Ronaldo Santini (PTB), Juliano Roso (PCdoB) e Missionário Volnei (PSC). Eram necessárias 19 assinaturas para a criação da Frente, mas rapidamente houve a adesão de 28 parlamentares.

O setor enfrenta gargalos, como o expressivo número de indústrias e produtores que apresentam baixa competitividade, a carga tributária elevada frente a outros países, deficiências nos serviços de controle e fiscalização, baixo consumo nacional per capita, inexistência de estudos qualitativos da produção e falta de padronização do produto. “Alinhado com as entidades representativas do setor, buscaremos lutar por políticas governamentais para estimulo do setor.”

De acordo com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), a erva-mate é explorada economicamente em cerca de 560 municípios do Paraná, de Santa Catarina, do Rio Grande do Sul e de Mato Grosso do Sul, totalizando mais de 110 mil hectares. O produto é cultivado em 180 mil propriedades e gera mais de 710 mil empregos diretos.

O Estado é responsável por 61,2% da produção nacional com consumo per capita de 9kg/habitante/ano, as exportações gaúchas representam US$ 32,4 milhões, principalmente para Uruguai, Chile e Espanha. Por sua vez, as exportações brasileiras do produto estão aumentando e, em 2011, totalizaram US$ 60 milhões em vendas para mais de 30 países.

 erva_mate