Funcionários do HC de Palmeira anunciam greve

Servidores estão há 2 meses sem receber salários; relatos revelam que alguns estão passando necessidades, sem alimentação

Reunidos em assembleia na quinta-feira (03), os trabalhadores do Hospital de Caridade de Palmeira das Missões decidiram entrar em estado de greve, a ser iniciada a partir de quarta-feira (09), em protesto pelo atraso no pagamento dos salários. Eles ainda não receberam os salários de junho e de julho e amargam uma situação de penúria com aluguel, luz, água e contas atrasadas.

Muitos relatam estar passando fome, observa a diretora de Finanças do Sindsaúde, Maria Tedesco. “Eles estão sendo privados de gêneros básicos para sua manutenção e de sua família, sendo ainda submetidos a constrangimentos por não poder honrar com seus compromissos”, observa a dirigente.

Em virtude desta situação, os funcionários prometem montar acampamento defronte à instituição, visando aceitar cestas básicas e alimentos da população de Palmeira das Missões para minimizar a situação crítica de suas famílias.

Além de receberem salários baixos, eles vêm sofrendo constantes atrasos de salários, a exemplo do que ocorreu no final de 2016 e no início deste ano.

Rosa Pitsch