Governo do RS recebe 10 pedidos para reconsiderar bandeiras do distanciamento controlado

O governo do Rio Grande do Sul informou, neste domingo (23), que recebeu 10 pedidos de reconsideração de bandeiras do modelo de distanciamento controlado, usado para prevenção e combate a pandemia de coronavírus. O mapa preliminar, divulgado na sexta (21), aponta 13 regiões em bandeira vermelha e oito em laranja.

Esse é o menor número de recursos enviados desde que a instância recursiva foi implementada, na sétima rodada, segundo o governo estadual.

Não houve pedido de bandeira laranja para amarela – todas as solicitações são de municípios que ficaram na bandeira vermelha, mas pedem a bandeira laranja, de menor risco. Desta vez, os pedidos partiram somente de municípios, e não das associações regionais, informou.

No domingo anterior, dia 13 de agosto, o mapa preliminar recebeu 28 recursos sobre as 16 regiões em bandeira vermelha. Apenas regiões de Caxias do Sul e Erechim tiveram recursos acolhidos

As 13 regiões preliminarmente classificadas com risco alto para o contágio por coronavírus são: Santa Cruz do Sul, Lajeado, Taquara, Novo Hamburgo, Canoas, Palmeira das Missões, Passo Fundo, Santo Ângelo, Santa Rosa, Capão da Canoa, Guaíba, Porto Alegre e Pelotas.

Conforme o governo do RS, 321 municípios estão classificados em bandeira vermelha, onde moram 8,1 milhões de pessoas (71,7% da população gaúcha). Contudo, como em 138 deles (6% dos moradores do RS) não há registros de óbito ou hospitalização nos últimos 14 dias, podem ser adotadas medidas de bandeira laranja.

Cogestão tem 8 regiões aprovadas

No entanto, as oito regiões que já tiveram os planos regionais de cogestão aprovados pelo governo do estado podem adotar medidas mais flexíveis, mesmo que se mantenham em bandeira vermelha na segunda-feira (24). São elas: Canoas, Taquara, Novo Hamburgo, Pelotas, Passo Fundo, Palmeira das Missões, Porto Alegre e Capão da Canoa.

Lajeado, uma das que tiveram piora no quadro, também enviou o plano regional e aguarda a avaliação do governo. Se aprovado, poderá adotar suas próprias regras em seus municípios já na próxima semana.

O mapa do distanciamento controlado, na 16ª semana, valerá entre 25 e 31 de agosto.

Bandeira Vermelha

  • Porto Alegre
  • Canoas
  • Novo Hamburgo
  • Capão da Canoa
  • Palmeira das Missões
  • Taquara
  • Santo Ângelo
  • Santa Rosa
  • Passo Fundo
  • Guaíba
  • Pelotas
  • Santa Cruz do Sul
  • Lajeado

Bandeira Laranja

  • Bagé
  • Santa Maria
  • Cachoeira do Sul
  • Caxias do Sul
  • Erechim
  • Ijuí
  • Uruguaiana
  • Cruz Alta
  • Fonte G1 RS