Integrantes da facção ‘Bala na cara’ são presos em Palmeira

Por volta de 07h00min da manhã da sexta-feira(04) houve a informação de que um veículo que trafegava pela ERS 569 teria entrado no pátio do Posto Santa Rita, situado às margens do km 03, município de Palmeira das Missões, RS, chocando-se com 02 (dois) veículos que estavam estacionados.

Do interior do veículo saíram 03 (três) homens, um dos quais pegou uma sacola no porta mala; em ato contínuo todos teriam corrido em fuga na direção da rodovia, sentido Palmeira das Missões à Passo Fundo. A guarnição de serviço deslocou até o local e constatou se tratar de um veículo VW/Voyage TL MB S, cor prata, ano 2014/2015, de Porto Alegre, em situação normal, havendo 01 (um) projetil de munição calibre 38 e 10 (dez) de 9mm soltos no porta malas. Ao consultar o chassi, constatou-se que o veículo é, na verdade, um veículo roubado em Porto Alegre, ou seja, um veículo clonado.

Diante das informações relevantes, as equipes do P2 e do POE, que estavam de folga, entraram em serviço e deram início às buscas pelos elementos. Após exaustivas buscas nos matagais da região, 02 (dois) indivíduos foram localizados e capturados no interior do município, próximo ao cemitério da Incobrasa, cerca de 02 km do Posto. O terceiro elemento foi capturado na Estação Rodoviária de Palmeira das Missões, distante cerca de 04 km do Posto, já em sua tentativa de fuga.

Todos os elementos residem em Caxias do Sul e são da facção “Bala na Cara” e estariam na cidade para entregar uma quantidade (não informada) de “drogas” para comparsas e, no retorno, fariam alguns roubos nas cidades da região. Há a informação de que, além de estarem traficando, estariam em Palmeira das Missões para executar um alvo ligado à facção contraria que reside neste município. Tanto a mochila com a droga, quanto o armamento teriam sido escondidos ou perdidos durante a fuga, todavia foi localizada 01 (uma) pistola Glock 9mm com 01 (um) cartucho na câmara e sem carregador.

Os indivíduos (um deles menor de idade), o veículo clonado, 02 (dois) celulares, a munição e a pistola foram apresentados na DP de Palmeira das Missões, tendo os maiores de idade dado entrada no Presídio Estadual de Palmeira das Missões e o menor entregue ao Conselho Tutelar.

O Comando do 39º BPM agradece o empenho dos integrantes da 1ª Companhia, que estavam de serviço, e aos integrantes do setor de Inteligência e do Pelotão de Operações Especiais, que prontamente se colocaram à disposição e passaram a efetuar as buscas desde às 09h00min até às 15h00min, mesmo que tivessem saído de uma jornada de serviço de 12 horas noturnas. “Esses são os verdadeiros heróis, aqueles que dão a vida, que não negam missão, que mesmo sem terem dormido nem ao menos uma hora depois de 12 horas de trabalho, prontamente se colocaram à disposição da sociedade, certamente salvando no mínimo uma vida e evitado vários roubos em nossa região, já que era esse o objetivo do bando: matar um desafeto e efetuar roubos na região”.

Informações/Comando do 39°BPM