Irmãos assassinados em Panambi eram nascidos em Palmeira e Sagrada Família

Já estão presos, os três suspeitos do duplo homicídio que aconteceu em Panambi, na noite de ontem, 1º de janeiro, no Bairro Alto Paraíso.
Em entrevista concedida para a reportagem da Sulbrasileira na madrugada desta quarta-feira (02), o titular da 14ª Delegacia Regional de Polícia, doutor Carlos Beuter, que responde pelo plantão da DP de Panambi, informou que os crimes foram motivados por um atrito familiar gerado por uma dissolução de uma sociedade conjugal, onde, as duas partes não encontraram um bom termo, ocasionando um atrito entre as duas famílias.
Delegado Beuter disse que as vítimas foram até a casa de familiares da moça que havia terminado o relacionamento conjugal com um deles e ocorreu o confronto entre as duas partes.

Por volta das 21h50 ocorreu o confronto na Rua Paraguaçu, no Bairro Alto Paraíso, ao lado da Escola Municipal Waldenor Winkler, resultando na morte dos irmãos, Sabino Fernandes, 40 anos, nascido em 03 de outubro de 1978 em Sagrada Família/RS e, Augusto Antônio Baldissera Fernandes, 34 anos, nascido em 02 de setembro de 1984, em Palmeira das Missões, filhos de Domingos Dorival Fernandes e Genoefa Baldissera Fernandes. Eles mantinham uma revenda de gás GLP na Rua Belizário Gentil de Oliveira, no Bairro Pavão.
Dois dos suspeitos foram presos após prestarem depoimento na DP como testemunhas e teriam admitido a participação na briga que resultou nas duas mortes. Tiveram a prisão em flagrante decretada pelo Delegado Carlos Beuter.
Mais tarde, acabou sendo preso pela Brigada Militar , no Bairro Erica, de posse de um revólver calibre 32 com 04 projéteis intactos e 02 deflagrados , o terceiro suspeito, que seria autor dos disparos que mataram os dois irmãos. Conduzido até a Delegacia de Polícia onde também teve o flagrante decretado.

Depois de ouvido, ele indicou onde estaria um outro revólver, este calibre 22, que foi jogado, no campo de futebol sete ás margens do Rio Fiúza , Rua Alberto Pasqualini , no Bairro Erica. A arma foi encontrada por policiais civis e militares.

O suspeito de ser autor dos disparos que mataram Augusto e Sabino seria o indivíduo de iniciais G.H.B.N., 19 anos e os outros dois presos são, seu irmão A.W.O.D.,23 anos e o padrasto deles D. C.S.C., 42 anos.
O jovem, de 19 anos, suposto autor do duplo homicídio deve ser encaminhado ao Exército, já que é militar, enquanto os outros dois serão conduzidos para a Penitenciaria Modulada de Ijui, na manhã de hoje

Informações/ Rádio Sul Brasileira

Por Sidnei Farias