MP de Palmeira das Missões consegue condenação de 16 pessoas por tráfico e lavagem de dinheiro

Com penas que chegam a 21 anos de prisão, o Ministério Público (MP) de Palmeira das Missões conseguiu a condenação de 16 pessoas pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, corrupção de menores e lavagem de dinheiro em sentença de 19 de março deste ano, divulgou a assessoria de comunicação do órgão nessa quinta-feira, 5 de abril.

O 1º promotor de Justiça da comarca, Marcos Eduardo Rauber, analisa possibilidade de recursos para aumento de pena em alguns casos e em relação aos que foram inocentados ou tiveram desclassificadas imputações a eles postuladas.

O trabalho vem da Operação Setembro Negro, deflagrada em 2013 pela Polícia Civil com acompanhamento do MP. A apuração contou com infiltração policial, ações controladas e gravações ambientais, e resultou na denúncia ao Poder Judiciário de 42 fatos delituosos e 18 acusados.

As investigações indicaram que a lavagem de dinheiro ocorria por meiFo da compra de veículos, registrados em nome de terceiros. Inclusive, a Justiça determinou a perda de dois automóveis.

Em um dos locais onde era vendida a droga, os traficantes haviam instalado um sistema de monitoramento de vídeo para acompanhar a chegada de policiais.

A operação na época:

Policiais da Delegacia de Polícia (DP) de Palmeira das Missões, coordenados pelo delegado Adriano de Jesus Linhares Rodrigues, desencadearam nesta quinta-feira (12/09) a Operação Setembro Negro, contra o tráfico de drogas, naquele município. Os agentes cumpriram 16 mandados de prisão e 17 mandados de busca e apreensão, expedido pela Justiça.

Segundo o delegado, foram apreendidos cerca de 2kg de crack, 1kg quilo de cocaína e 2kg de maconha, além de vários veículos, câmeras de videomonitoramento, notebooks, computadores, armas de fogo e cerca de mil reais. Também foram encontrados entorpecentes nas camas de crianças.

Desde o início das operações, já foram presas 27 pessoas somente em Palmeira das Missões, e nesta quinta-feira foram efetuadas 18 prisões, sendo seis mulheres – relatou o delegado. A ação contou com agentes e delegados de quatro regiões policiais. Participaram nove delegados e cerca de 80 agentes e 31 viaturas. Além da regional de Palmeira das Missões, participaram delegacias da região de Cruz Alta, Ijui e Carazinho.

Foto/ DP de Palmeira das Missões