OAB/RS pedirá informações ao STF sobre delação de executivo da JBS que cita governador Sartori

O presidente da OAB/RS, Ricardo Breier, afirmou, na noite desta sexta-feira (19), que a entidade buscará informações adicionais, ao STF, do depoimento do executivo da JBS Ricardo Saud, que em delação premiada divulgada hoje diz ter repassado R$ 1,5 milhão em suposta propina à campanha do governador José Ivo Sartori.

O pagamento, feito a pedido do senador Aécio Neves (PSDB-MG), que concorria à Presidência da República, teria ocorrido na campanha de 2014, como “doação oficial dissimulada”. Segundo ele, 16 governadores eleitos receberam propina, sendo quatro do PMDB. 
“Nós entendemos que os fatos que estão sendo noticiados dessa delação premiada são gravíssimos, e os gaúchos precisam efetivamente saber o que está acontecendo”, afirmou o dirigente.

Informações/OAB/RS