Prefeito Municipal de Sertão é preso preventivamente por crimes contra administração pública

A Procuradoria de Prefeitos, com o apoio do Sistema Integrado de Investigação Criminal (SISCrim) e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), cumpriu nesta terça-feira, 4, mandado de prisão preventiva contra o Prefeito Municipal de Sertão, Marcelo D’Agostini, para conveniência da instrução criminal e garantia da ordem pública.

Em razão das investigações, deflagradas em face da Operação Confins, o Prefeito foi acusado de diversos crimes, entre os quais, licitatórios, contra a administração pública, de responsabilidade e contra a administração da Justiça.

Até o momento, foram oferecidas dez denúncias contra o Prefeito, sendo duas já recebidas pela 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça/RS, estando as demais em tramitação.

Fonte : MP-RS