Prefeitura de Palmeira das Missões informa medidas preventivas ao Covid-19

Dentre as medidas está a suspensão das aulas por um período de 15 dias e de eventos com aglomeração de pessoas, por 30 dias, através de Decreto publicado oficialmente nesta terça-feira (17)

Em reunião realizada nesta segunda-feira (16) com todo o secretariado, departamentos, Legislativo Municipal e a equipe técnica que compõe o Centro de Operações de Emergência na Saúde (COE), o prefeito e presidente da Famurs, Eduardo Freire, tratou sobre medidas que serão tomadas para enfrentamento da emergência em saúde pública decorrente do novo Coronavírus, COVID-19. As precauções entram em vigor a partir de hoje, terça-feira (17), através da publicação do Decreto n.032. Entre as medidas propagadas no documento estão:

Suspensão de eventos em órgãos ou entidades municipais

Embora o município não tenha registrado nenhum caso confirmado de infecção por Coronavírus, com base no que acontece no país e por medida de precaução o Executivo Municipal decidiu suspender por um período de 30 dias (podendo ser prorrogado), todos os eventos públicos agendados de órgãos ou entidades municipais. Também fica orientada a suspensão de eventos com aglomeração de pessoas em estabelecimentos privados.

Suspensão das aulas da Rede Municipal de Ensino

As aulas da Rede Municipal também serão suspensas nesta quinta-feira (19), por um período de 15 dias, através de determinação do Governo do Estado. É importante destacar que até este momento o município não possui casos confirmados de Covid-19. No entanto estão sendo investigados dois casos suspeitos de Coronavírus, os pacientes permanecem em isolamento domiciliar, com quadro clínico estável e sem sinais de gravidade. A investigação está em andamento, aguardando o resultado dos exames laboratoriais.

“Estamos fazendo tudo com muita responsabilidade. No momento não temos nenhum caso da doença confirmado em Palmeira das Missões, mas, diante do cenário internacional e nacional, essas ações, orientadas pelos Governos Federal e Estadual, visam à proteção da saúde de nossa população. Não se trata de ter apenas uma ação do Executivo, mas é o momento de união, de todos os seguimentos”, frisou o prefeito.

Orientações

A Secretaria de Saúde através da Vigilância em Saúde e equipe técnica do Centro de Operações de Emergência na Saúde orienta, sobretudo, as seguintes medidas:

  • Restrição de missas, cultos evangélicos e demais encontros religiosos por 60 dias.
  • População evitar espaços coletivos, bares, restaurantes, boates, casamentos, festas, velórios, bem como, locais com ampla circulação.
  • Grupos prioritários para vacinação da Influenza (H1N1) realizar a vacina no início da campanha, conforme a convocação do Ministério da Saúde.
  • Transporte coletivo deverá realizar higienização e disponibilizar álcool gel para usuários.
  • População em geral, principalmente idosos evitar buscar atendimento em serviços de saúde, exceto em situações de maior gravidade, para evitar exposição ao COVID-19.
  • Caso suspeito com sintomas leves, ficar em isolamento e não buscar a unidade de saúde e hospital. Ligar para número de referência 55 984038542 e agendar visita domiciliar pela equipe de saúde.
  • Aos que chegarem de viagens internacionais ou de locais com casos confirmados de transmissão local, ficar em isolamento domiciliar por 7 dias assintomáticos e 14 dias sintomáticos.

Todas as medidas adotadas são de caráter preventivo e não excluem a possibilidade de outras ações serem adotadas. “Estamos entrando numa fase de alerta. Vamos precisar tomar bastante precaução, principalmente com a nossa proteção. A Secretaria de Saúde está mobilizada, trabalhando bem próxima da Secretaria de Estado de Saúde” – explica o secretário de Saúde, Paulo Fernandes, informando que profissionais da Saúde Primária, da rede de Urgência e Emergência e das Vigilâncias Sanitária e Epidemiológica do município passarão por um treinamento, para que estejam preparados para auxiliar no combate ao Coronavírus.

Além disso, a Secretaria de Saúde expedirá informações contínuas sobre o acompanhamento dos casos suspeitos e/ou confirmados de pacientes no âmbito do município.

O Decreto/032 pode ser conferido, na íntegra, no site da Prefeitura de Palmeira das Missões disponível AQUI. No documento contém todas as medidas para enfrentamento da emergência em saúde pública decorrente de Covid-19.