Produtores gaúchos recebem prêmio Gente do Campo

O Produtor da região Ivonei Librelotto, 49 anos, Boa Vista das Missões está entre os destaques do estado.todos

A noite desse sábado foi de homenagens a cinco produtores gaúchos reconhecidos pelo Prêmio Gente do Campo, promovido por Zero Hora e Farsul. As distinções foram em cinco categorias: Produtor do Ano, Tecnologia, Empreendedorismo, Jovem e Revelação. Os agraciados receberam troféu em cerimônia realizada na Casa da Farsul, na Expointer.

 

A vice-presidente de Jornais e Mídias Digitais do Grupo RBS, Andiara Petterle, falou sobre a importância de dar visibilidade ao setor agropecuário e ao desenvolvimento local.

— É muito importante a nossa participação mais ativa no desenvolvimento do agronegócio — destacou.

GEnte

Categoria Tecnologia

Raul Randon, 87 anos, Caxias do Sul

— Sempre gostei da agricultura. Acho que a juventude de hoje entende mais agricultura, pois nasceu em meio à tecnologia. Temos que procurar os jovens cada vez mais.

Categoria Produtor do Ano

Ivonei Librelotto, 49 anos, Boa Vista das Missões

— O mais importante é que fomos vistos, pois existem muitos anônimos por aí fazendo coisas importantes. O Prêmio Gente do Campo dá notoriedade para quem faz a diferença.

Categoria Empreendedorismo

Aldo Machado dos Santos, 55 anos, São Gabriel

— O prêmio traz reconhecimento para a apicultura, setor que não tem muita visibilidade, principalmente econômica. É um grande incentivo para os apicultores e para a apicultura.

Categoria Jovem

Laurence Duarte, 27 anos, Santo Ângelo

— É um incentivo muito grande para a nossa caminhada. É uma motivação para seguir em frente com o trabalho dos nossos pais e avós.

Categoria Revelação

Luís Fernando Cavalheiro Pires, 28 anos, São Luiz Gonzaga

— É uma emoção muito grande a premiação, pelo DNA da família, de dedicação ao campo. Todas as oportunidades que tive foi em função do campo, minha essência é trabalhar pelo produtor rural.