Secretaria Estadual da Saúde ainda não tem previsão de chegada de novo lote de vacinas ao RS

Período de vacinação do primeiro grupo prioritário, formado por idosos e profissionais da saúde, vai até 16 de abril; campanha nacional se encerra em 22 de maio

A Secretaria Estadual da Saúde ainda não sabe informar quando chegará ao Rio Grande do Sul o próximo lote de vacinas contra a gripe. Esta será, provavelmente, a última remessa do Ministério da Saúde para a primeira etapa da campanha nacional de imunização, que segue até o dia 16 de abril, dirigida a idosos e profissionais da saúde. 

O próximo grupo a ser priorizado inclui doentes crônicos, agentes das forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema prisional e população privada de liberdade, adolescentes que cumprem medidas socioeducativas, caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e trabalhadores portuários. 

A terceira e última fase, a partir de 9 de maio, vai abranger professores, crianças de seis meses até as menores de seis anos, gestantes e mulheres no período do puerpério (ou seja, 45 dias após o parto), povos indígenas, adultos de 55 a 59 anos e pessoas com deficiência. Mais de 1,2 milhão de doses da vacina já foram enviadas ao Estado. A mobilização em todo o país continua até 22 de maio. 

É importante lembrar que a vacina contra a gripe não imuniza contra o coronavírus, mas ajuda os médicos, se for necessário, a fazer a diferenciação dos diagnósticos no caso de o paciente apresentar sintomas gripais.

Fonte Gaúcha ZH