Secretaria Municipal de Saúde publica informe sobre a priorização dos grupos a serem vacinados

A Secretaria Municipal de Saúde publico nota a população a respeito da vacinação contra a Covid-19.

O município recebeu 600 doses da vacina SINOVAC/ BUTANTAN as quais foram aplicadas de acordo com a recomendação Estadual do órgão DVE/ CEVS-RS/SES-RS. Sendo assim, receberam vacinas os PROFISSIONAIS DE SÁUDE que atuam nos serviços públicos como: SAMU, Hospital de Caridade, Centro de Triagem COVID, Equipes de Atenção Básica do município, idosos e profissionais de Instituições de Longa Permanência – ILPI (100% vacinados).  

Agora, estão sendo atendidas as recomendações de priorização de alguns grupos da rede privada e serão contemplados nesta etapa profissionais que realizam coleta de “swab naso-orofaríngeo” e profissionais que realizam exames de imagem como raio X e tomografias. 

Nesta segunda-feira, 25 de janeiro, o município recebeu mais algumas doses da vacina OXFORD (cerca de 180) e será dado continuidade aos demais grupos de profissionais de saúde de acordo com o grau de exposição de cada profissional ao vírus.

Salientamos que para vacinar 100% dos profissionais de saúde do município da rede pública ou privada precisa-se de cerca de MIL doses da vacina, por esse motivo estão sendo priorizados os grupos de acordo com a Secretaria de Saúde do Estado que faz o seguinte ordenamento:

ORDENAMENTO PRIORITÁRIO PARA VACINAÇÃO

1. UTI e CTI COVID-19 (considerar área fechada*);

2. Rede de Urgência e Emergência (incluir UPA, SPA e SAMU);

3. Unidade de internação clínicas para COVID-19 (considerar área fechada);

4. Ambulatórios – primários ou secundários – com atendimento exclusivo para pacientes com sintomas de COVID-19, incluindo Equipes de Atenção Domiciliar especializada em COVID-19 – se houver (considerar área fechada);

5. Coletadores de Swab nasofaringe e orofaríngeo (apenas os coletadores);

6. Ambulatórios ou unidades de saúde com atendimento ou avaliação de “sintomáticos respiratórios**”, Atenção Primária/Atenção Básica que realizem atendimento de demanda espontânea, Unidades Básica de Saúde, Postos de Saúde (considerar área fechada);

7. Clínicas de Hemodiálise, Quimioterapia ou Radioterapia, Cuidados Paliativos, Oncologia entre outros serviços que realizem assistência direta a pacientes com imunossupressão***.

8. Áreas não COVID-19 de hospitais e DEMAIS HOSPITAIS (NÃO COVID-19)

9. Demais Ambulatórios E Pronto Atendimento não COVID-19 – incluindo a totalidade da Atenção Primária/Atenção Básica  – ou seja, todas as unidades e postos de saúde;

10. Consultórios e Laboratórios – demais profissionais de saúde que realizam atendimentos eletivos ou assistência ao público em geral.

Fonte assessoria de Imprensa da Prefeitura de Palmeira das Missões