SME esclarece polêmica sobre livro inadequado

Uma grande repercussão sobre o livro “O poeta mais velho do mundo”, da autora Angélica Rizzi, tomou conta das redes sociais nesta semana em Palmeira das Missões.

A obra, considerada inadequada devido ao seu conteúdo impróprio para menores, foi distribuída nas escolas da rede municipal do município como parte de um kit que a Secretaria Municipal de Educação disponibiliza aos alunos dias antes da realização da Feira do Livro.

Ao tomar conhecimento do ocorrido, durante a manhã de hoje, 31, a SME recolheu a obra das 11 escolas municipais. A Secretaria ainda informou que no dia 30, já havia sido recomendado às direções das escolas que o material não fosse distribuído aos estudantes.

Rizzi é cantora, poeta, escritora e compositora. No enredo de “O poeta mais velho do mundo”, a autora descreve uma geração moderna vivendo nesta passagem de século, com seus conflitos, desejos e observações conceituais do mundo.

A Secretaria Municipal de Educação de Palmeira das Missões divulgou nota sobre o ocorrido. Confira a nota na integra:

NOTA DE ESCLARECIMENTO – FEIRA DO LIVRO 2019

A Secretaria Municipal de Educação de Palmeira das Missões esclarece que o livro intitulado “O poeta mais velho do mundo”, da autora Angelica Rizzi, não será trabalhado nas escolas municipais por ocasião da Feira do Livro de Palmeira das Missões edição 2019. Neste sentido, considerando a repercussão de que a obra seria inadequada devido ao seu conteúdo, enfatizamos que a mesma foi recolhida das 11 escolas municipais de ensino fundamental durante a manhã de hoje, dia 31 de outubro. Importante destacarmos que ainda, 30 de outubro, já recomendamos expressamente às direções das escolas municipais que o material não fosse distribuído aos estudantes.

No processo de análise inicial das obras, foram verificadas resenhas e sinopses de diversos autores e editoras, sendo que o livro em questão traz a seguinte informação na descrição apresentada à SME: “O poeta mais velho do mundo é o primeiro romance de Angélica Rizzi no estilo ‘road trip’. Um conhecido cineasta gaúcho quer adaptá-lo para o cinema. Uma obra influenciada pela Geração Beat e o rock dos anos 1960. O livro foi adotado em diversas escolas do RS e de outros estados. Contém 127 páginas. Capa de Auracebio Pereira e Angélica Rizzi. Ilustrações de Gustavo Souza. Prefácio de Luiz de Miranda. A partir de 15 anos”.

Ao mesmo tempo, em conversas constantes com os editores e autores que enviaram propostas para participação da Feira do Livro 2019, não nos foi realizada nenhuma observação sobre gravuras ou passagens de texto, no livro em questão, que pudessem ser interpretadas como inadequadas. A começar pela faixa etária a que se destina a obra (a partir de 15 anos) e pelo fato de já ter sido trabalhada em outras escolas, a mesma foi encaminhada para as direções das escolas municipais realizarem uma nova análise antes de ser iniciado o trabalho de leitura com os alunos em sala de aula. Enfatizamos que o livro não chegou nas mãos de nenhum estudante, sendo que tão logo identificada a situação foi imediatamente tomada a decisão de recolher todos os exemplares. Os exemplares recolhidos estão sendo devolvidos à editora.

A Secretaria Municipal de Educação reitera seu compromisso com a formação literária, cultural e cidadã dos estudantes de todas as faixas etárias, respeitando rigorosamente a destinação de conteúdo adequado a cada nível de ensino. Desde 2013 desenvolvemos de maneira exemplar o projeto da Feira do Livro e a comunidade palmeirense e regional reconhece o modo cuidadoso, ético e transparente com que conduzimos a organização deste grandioso evento. Desta forma, em vista dos esclarecimentos acima realizados e das providências que já foram adotadas, informamos que estamos dando continuidade ao trabalho de organização deste evento, que mobiliza milhares de pessoas a cada ano, de modo que o mesmo continue sendo um projeto de sucesso e com grande aceitação em toda a comunidade.