UFSM articula melhorias no acesso no Campi de Palmeira das Missões,Cachoeira e Frederico Westphalen

Na terça-feira, 21, o reitor da UFSM, Paulo Afonso Burmann, foi recebido em Brasília pelo ministro da Educação, Rossieli Soares da Silva. Na pauta do encontro estiveram a busca por recursos orçamentários, novas vagas de servidores e recursos para a assistência
estudantil da instituição. O reitor também reiterou o convite ao ministro para visitar a UFSM e inaugurar obras nos campus Sede e no campus Cachoeira do Sul.

A principal reivindicação apresentada pela Universidade foi a liberação emergencial do recurso ainda retido no MEC através de cinco Termos de Execução Descentralizada (TEDs), perfazendo um total de R$ 8.700.000,00 de investimentos em capital, a ser direcionado para obras em todos os campi da UFSM (Sede, Cachoeira do Sul, Palmeira das Missões e Frederico Westphalen).
Na reunião, o ministro se comprometeu em apoiar as demandas e buscar soluções para resolver, até o final de outubro, a situação do campus de Cachoeira e dos laboratórios dos cursos de Engenharia Aeroespacial e Engenharia de Telecomunicações. Ao final deixou uma palavra de tranquilidade e solicitou aos seus assessores atenção especial definida como prioridade. Frisou que vem fazendo pleitos intensos junto ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPOG) para recompor o orçamento do Ministério da Educação (MEC) para atender as demandas do sistema.

    Também participou da reunião o coordenador da Coordenação-Geral de Planejamento e Orçamento das Instituições Federais de Ensino, Weber Gomes de Souza. Na ocasião, o ministro Rossieli solicitou a Souza que viabilizasse junto à Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do MEC a liberação do saldo de recursos referentes à migração do Colégio Agrícola de Frederico Westphalen para o Instituto Federal Farroupilha.

UFSM articula melhorias nos acessos aos campi fora de sede

O reitor da UFSM, Paulo Afonso Burmann, participou de uma reunião em Porto Alegre, na manhã desta quarta-feira, dia 22, junto à Diretoria Geral do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER). O objetivo da reunião foi demandar a execução de obras nos acessos dos campi de Palmeira das Missões, Cachoeira do Sul e Frederico Westphalen.
Acompanhado do diretor do Campus de Palmeira das Missões, professor Rafael Lazzari, o reitor solicitou a execução do trevo de acesso para esse Campus. Foram ajustados os detalhes do projeto e definida a sequência dos passos para a execução, prevista para janeiro de 2019.
Em relação ao acesso ao Campus de Cachoeira do Sul, a equipe do DAER reafirmou estar consciente das demandas. Os engenheiros relataram que, neste momento, estão finalizando a obra da ponte na rodovia de acesso ao novo campus, para posteriormente viabilizar um acesso temporário àquele espaço, devido à previsão de inauguração de obras e início das aulas no próximo semestre.

Quanto ao acesso ao Campus de Frederico Westphalen, que se localiza numa intersecção entre uma rodovia estadual e uma federal, o DAER sinalizou a intenção de fazer contato com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT), órgão responsável pelas estradas federais, para conhecer o projeto e dar os encaminhamentos para sua implementação. Foi discutido, também, um acordo de cooperação entre a UFSM e o DAER para agilizar os projetos que envolvem interesse das duas instituições.
Participaram da reunião os engenheiros Eduardo Müller, Chefe de Gabinete do Diretor Geral; Luciano Faustino, Diretor de Infraestrutura Rodoviária; Walter Machado, Diretor de Operações Rodoviárias e Fernando Dickman, Superintendente de Faixa de Domínio. A reunião foi coordenada pelo Assessor Especial do Gabinete da Casa Civil, Gesiel Serra, acompanhado pelo vereador Maninho Saggin, de Palmeira das Missões.

   Crédito das fotos: Ministro Rossieli e Reitor Burmann (Assessoria do Gabinete do Reitor)