Vereador diz que estava com “ovo esquerdo meio inchado” e deixa sessão escoltado em Santo Âugusto

Sessão da Câmara de Vereadores de segunda-feira, 19, foi suspensa pelo vereador Horácio Dorneles – que presidia os trabalhos- após fala ofensiva e desrespeitosa do presidente da casa, Douglas Bertolo. Ele disse, se dirigindo a vereadora Dione Sperotto, ” Que a única inconstitucionalidade que eu vejo é no meu ovo esquerdo que tá meio inchado hoje”.
Com isso, o plenário que estava lotado, em sua maioria por estudantes do IFFar, se manifestou repudiando a atitude. Após deixar o plenário, os estudantes se concentraram em frente ao prédio da prefeitura para aguardar a saída do presidente, que teve que ser escoltado pela Brigada Militar. O fato repercutiu negativamente em toda a comunidade, principalmente entre os estudantes que buscavam respostas quanto a aprovação de uma emenda que impediu a venda de bens públicos que seriam, de acordo com a prefeitura, usados para compra da área agrícola para o curso de Agronomia do IFFar.

A sessão foi retomada nesta manhã. O vereador Bin concedeu entrevista á Rádio Querência. Questionado sobre sua fala desrespeitosa, ele disse ” que estava dando exemplo de resposta mal criada e que cada um interpreta da maneira que entende. […] não sei se é questão de desculpas, realmente o projeto é maldoso, o prefeito se recusou a muda-lo e estou trabalhando para uma resposta adequada com minha base, e acho que esclarecimentos serão dados”.

Os demais vereadores, após o tumulto de ontem, informaram que buscam agir pelo certo, e que há falhas no projeto enviado pelo Executivo, mas que se as mesmas forem corrigidas, a decisão de impedir a venda será revista. Eles também afirmaram que são a favor da educação.

Informações Rádio Querencia