Vereadores buscam liberação parcial da escola Borges do Canto

Na manhã dessa quinta-feira, dia 13, uma comitiva de vereadores esteve no quartel do Corpo de Bombeiros de Palmeira das Missões para tratar da situação do Instituto de Educação Borges do Canto, que está há quase dois anos interditado por problemas na rede elétrica.

Os parlamentares buscam a liberação parcial da escola, tendo em vista que 65% da reforma já foi concluída. Segundo o Sargento Dal Molin, que está respondendo pelo Comando do Corpo de Bombeiros, para que aconteça a liberação é necessário um laudo técnico que garanta as condições da rede elétrica do educandário.

“Nós precisamos de um profissional, de um engenheiro elétrico do Estado ou contratado da empresa, que vai nos acompanhar para olharmos a rede elétrica e ele nos falar as condições. […] Vamos usar o laudo do engenheiro como embasamento pra liberação parcial, ou total, do funcionamento da escola”, disse Dal Molin.

A servidora da Secretaria Estadual de Educação, Graciela Vidor, que também participou da reunião, garantiu que ainda nessa quinta-feira vai buscar o contato do engenheiro que assinou os últimos laudos para marcar uma nova vistoria, juntamente com o Corpo de Bombeitos, para a próxima semana.

Participaram da reunião, além dos nomes já mencionados, o presidente da Câmara de Vereadores, Fernando De Carli, os vereadores Fernando Vilande e Nico Padilha, e o presidente do PSDB de Palmeira das Missões, Araré Vidor.

Cabe destacar que, na última semana, os vereadores estiveram em Porto Alegre, para tratar da situação do Borges do Canto com o Secretário Estadual de Educação, Faisal Karam, e com o diretor-geral da Secretaria Estadual de Educação – SEDUC, Paulo Magalhães.

Por Camila Schmitt Carvalho